quinta-feira, 29 de abril de 2010

Recuperação de um Reboque Erka_Parte 1

Com o recente aumento do número de filhos, vi-me forçado a arranjar um reboque para transportar a tralha toda que costumo enfiar na minha carrinha VW em deslocações de fim-de-semana e férias. Andei durante uns tempos a ver preços de reboques novos, mas, para além de muito caros, nenhum deles coincide minimamente com o visual que gostaria que ele tivesse, ou seja, clássico. Arranjar reboques clássicos em Portugal não é tarefa fácil e o melhor que se vai conseguindo facilmente são estes modelos da ERKA com seguramente entre 20/30 anos.

Adquiri este reboque razoavelmente barato mas precisa de um boa recuperação. Não têm podres mas tem uma boa dose de ferrugem, falta um guarda-lamas e os parafusos originais de fixar uma das rodas. De resto está completo e até em estado razoável.

Nos próximos tempos vou-me dedicar a recuperar este reboque. Teste este que vai servir para saber se sou capaz ou não de recuperar as bicicletas e motorizadas que tenho actualmente e que estão à espera do mesmo trato.

Para já fica-mos com o folheto de instruções e características do reboque.

Desejem-me sorte!



Sem comentários:

Publicar um comentário