segunda-feira, 21 de março de 2011

Esmaltina MaCycle Recuperada

Propus-me recuperar a Esmaltina do meu sogro a custos muito controlados, mesmo assim, ainda levou uma boa quantidade de peças novas. Pedais, pneus, selim, punhos, manetes e reflector.

O quadro, depois de decapado, levou uma pintura em creme por cima do primário e ficou com uma qualidade bastante razoável. Apesar da minha parca experiencia já consigo uns bons acabamentos na pintura.

A cromagem por seu lado, para ficar mais barato, poupou-se no polimento, o que faz com que se note as imperfeições do metal onde já teve corrosão. Se o metal está em mau estado, muitas vezes é mais caro o trabalho de polimento/lixagem do que propriamente o processo de cromagem. Nos guarda-lamas e por terem tido bastante corrosão, teria que lixar demasiado o que iria fragilizar ainda mais o já fino metal.

As peças para zincagem foram inseridas num lote grande de material que fui acumulando para tentar diluir o custo. A desvantagem de mandar zincar grandes lotes de peças é que vai tudo junto para o tambor de zincagem e a qualidade às vezes sofre.

Autocolantes? Fica caro! Se fosse para mim, certamente mandaria fazer, mas, o meu sogro não liga a isso e sempre se poupa uma coroas.









Sem comentários:

Publicar um comentário